Decisão

1. Em 21 do corrente mês de Dezembro deu entrada neste Tribunal telecópia: de um requerimento dirigido por A. , que aí se intitula candidato às eleições da Assembleia de Freguesia de Banho e Carvalhosa pelo Partido do Centro Democrático Social/Partido Popular - C.D.S./P.P., ao juiz do tribunal de comarca de Marco de Canaveses, visando " in­terpôr recurso da decisão tomada pela Assembleia de Apuramento Geral em relação ao número de mandatos obtidos pelo C.D.S./Parti­do Popular que, aplicando-se o método de hondt deveriam ser sete e pela acta da Assembleia de Apuramento Geral foram-lhe atribuí­dos somente seis ": - de um mapa contendo indicação do número de eleitores inscritos, de votantes, de votos em branco, de votos nulos, de votos recebidos pelo Partido Socialista-PS, pelo Partido Social Democrata - PPD/PSD, da Coligação Democrática Unitária - CDU (PCP/PEV) e pelo Partido do Centro Democrático e Social/Partido Popular - CDS/PP, da percentagem de votação global e uma indica­ção dos candidatos eleitos; - de um requerimento dirigido a este Tribunal solicitando " despacho favorável à pretensão do C.D.S./P.P. - Partido Popular em Banho e Carvalhosa ". 2. De harmonia com o disposto no nº 1 do artº 103º, do Decreto-Lei nº 701-B/76, de 29 de Setembro, podem ser apreciadas em recurso contencioso as irregularidades ocorridas no decurso da votação e nos apuramentos parcial e geral, contanto que hajam sido objecto de reclamação ou protesto apresentados no acto em que elas se verificaram. De outro lado, comanda o nº 3 do mesmo artigo que o petitório do recurso, para além de especificar os fundamentos de facto e de direito cabidos à impugnação, deverá vir acompanhado de cópia ou fotocópia da acta da assembleia em que a irregulari­dade tiver ocorrido. 3. Perante o relato acima efectuado em 1. torna-se claro que, de uma banda, o ora recorrente não logrou demonstrar que na assembleia de apuramento geral alguém apresentou protesto quanto à distribuição de mandatos e, de outra, que o mesmo não fez juntar à petição de recurso cópia ou fotocópia da acta de tal assembleia. 4. Conforme jurisprudência deste Tribunal (cfr., verbi gratia , Acórdão nº 14/90, publicado na 2ª Série do Diário da República de 29 de Junho de 1990) a junção de cópia ou fotocópia da acta da as­sembleia em que a eventual irregularidade tiver ocorrido, consti­tui um requisito formal da petição, implicando a sua não junção o não conhecimento do recurso. Assim sendo, logo por aqui se haverá de concluir pelo não conhecimento do recurso, e isto independentemente da questão de saber se o mesmo é ou não tempestivo e se houve, ou não, na assembleia de apuramento geral, apresentação de reclamação ou protesto tocantemente à alegada incorrecção na distribuição de mandatos, e isso porque não nos fornecem os autos os mínimos elementos que permitam formular, sobre esses pontos, um qualquer juízo, sendo certo que sobre o recorrente impendia o ónus de demonstrar a matéria fáctica de onde se concluísse a tempestivida- de do recurso e, bem assim, da apresentação de reclamação ou protesto (cfr., por todos, o Acórdão 8/90, publicado na 2ª Série do Diário da República de 24 de Abril de 1990). 5 . Em face do exposto, decide-se não tomar conhecimento do recurso. Lisboa, 22 de Dezembro de 1994 Bravo Serra Vítor Nunes de Almeida Luís Nunes de Almeida Antero Alves Monteiro Dinis António Vitorino Alberto Tavares da Costa Guilherme da Fonseca José Manuel Cardoso da Costa

Conexões do processo:

Mostrar gráfico

Classificação Decimal Universal (CDU):

Pesquisar por área temática Sugerir área temática
Tribunal Constitucional

Maria de Fátima Mata-Mouros

842/17 • 11 Setembro, 2017

Tribunal Constitucional

Joana Fernandes Costa

836/17 • 11 Setembro, 2017

Tribunal Constitucional

Pedro Machete

803/17 • 07 Setembro, 2017

Tribunal Constitucional

Maria José Rangel de Mesquita

822/13 • 11 Setembro, 2013

Tribunal Constitucional

Pedro Machete

824/13 • 11 Setembro, 2013

Tribunal Central Administrativo Norte

Maria Fernanda Antunes Aparício Duarte Brandão

02048/12.3BEPRT • 19 Abril, 2013

órgãos autárquicos interpretação ab-rogante perda de mandato
Tribunal Central Administrativo Norte

Carlos Luís Medeiros de Carvalho

00707/04.3BEVIS • 17 Março, 2005

perda de mandato inelegibilidades [art. 08º, n.ºs 1, al. b) e 3 ... sócio-gerente
Tribunal Constitucional

Guilherme de Fonseca

735/01 • 26 Novembro, 2001

Tribunal Constitucional

Sousa Brito

719/01 • 26 Novembro, 2001

Tribunal Constitucional

Luis Nunes de Almeida

723/01 • 26 Novembro, 2001

Tribunal Constitucional

Maria dos Prazeres Beleza

690/01 • 26 Novembro, 2001

Tribunal Constitucional

Tavares da Costa

596/97 • 12 Novembro, 1997


Esta decisão foi disponibilizada publicamente pelo Tribunal Constitucional.

Como parte de um esforço constante de proteção de dados pessoais, este processo foi atualizado a 25 Fev. 2016. Até agora, foi atualizado 1 vez.
Topo