Artigo

As experiências com animais nas indústrias de cosméticos sob o enfoque do paradigma da complexidade

Revista Brasileira de Estudos Políticos, Vol. 120, No. 1


Tarin Cristino Frota Mont'Alverne, Germana Parente Neiva Belchior, Carla Mariana Aires Oliveira

Sinopse:


As experiências científicas com animais se baseiam no paradigma cartesiano. Há uma ligação entre as experiências científicas com animais nas indústrias de cosméticos e o hiperconsumo provocado pelo desenvolvimento econômico. Diante disso, tem-se como ponto de partida: como e em que medida a indústria de cosméticos pode se vincular com uma ética animal por meio do paradigma da complexidade? Para tanto, aborda-se a conexão entre os paradigmas científicos e o direito dos animais. Atenta-se para a importância da complexidade e das vertentes éticas de proteção animal. A pesquisa tem o propósito de analisar as nuanças da utilização de animais nas indústrias de cosméticos. Analisar-se-á a cultura de consumo na sociedade contemporânea e como isso repercute na ascensão destas indústrias, assim como as implicações éticas das experiências científicas, quanto à crueldade para com os animais. Analisar-se-á a necessidade de uma ruptura, nas indústrias de cosméticos, de um paradigma cartesiano para a complexidade. A partir de pesquisa de natureza qualitativa, por meio de investigação indireta e dos métodos descritivo, explicativo e dialético, demonstra-se que a aplicação da complexidade no Direito Ambiental auxilia para uma nova forma de pensar e, portanto, a inserção de uma ética animal no ramo de cosméticos.

Ficha técnica

Título: As experiências com animais nas indústrias de cosméticos sob o enfoque do paradigma da complexidade

Autor(es): Tarin Cristino Frota Mont'Alverne, Germana Parente Neiva Belchior, Carla Mariana Aires Oliveira

Páginas: 44

Copyright (revista): CC Outro

Decisão