Artigo

Dos animal studies à neurociência: heróis, deuses e demónios

Revista Jurídica Luso Brasileira, Vol. 3 (2017), No. 4, 549-578


Fernando Araújo

Sinopse:


O notável progresso dos “Animal Studies”, no último decénio, veio modificar profundamente a área temática da “Ética Animal” e dos “Direitos dos Animais”. Muita da bibliografia relevante até há pouco tornou-se obsoleta, ou quase; descobertas sobre a inteligência de não-humanos vieram inutilizar muitas premissas correntes; observações mais detalhadas permitiram identificar características individuais onde antes havia meras atribuições difusas ao colectivo; e uma imagem nítida sobre a nossa própria espécie, que serviu de postulado a tanto dedutivismo “escolástico”, esbateu-se e deslocou-se, e ainda não se reequilibrou.


Ficha técnica

Título: Dos animal studies à neurociência: heróis, deuses e demónios

Outras informações: Revista Jurídica Luso Brasileira, Vol. 3 (2017), No. 4, 549-578

Autor(es): Fernando Araújo

Copyright (revista): CC BY-NC-ND

Decisão