Artigo

Práticas de agroindustrialização e arranjos produtivos locais como estratégia de diversificar e fortalecer a agricultura familiar no rio grande do sul

REDES - Revista do Desenvolvimento Regional, Vol. 24, No. 1, 227-245


Marcelo Antonio Conterato, Mirian Fabiane Dickel Strate

Sobre:

A fragilidade no acesso aos mercados monopolizados, por parte dos agricultores familiares, impulsiona a procura por novos processos e práticas que emergem paralelamente aos grandes impérios alimentares. neste contexto surgem novos mercados, que coexistem com os circuitos comerciais como as feiras, mercados integrados ao turismo, agroindústrias familiares e os institucionais, criando novos circuitos mercantis. o objetivo deste trabalho foi analisar como os arranjos produtivos locais podem fomentar a diversificação da agricultura familiar, relocalizando a produção de alimentos, através das cadeias curtas, estimulando a heterogeneidade e promovendo o desenvolvimento rural. a pesquisa foi realizada a partir do arranjo produtivo agroindústria familiar, estrutura de governança que impulsiona a instalação, regularização e associativismo de agroindústrias no vale do taquari, rs. a metodologia utilizada foi a análise documental e entrevista aos gestores do apl agroindústria e aos proprietários de agroindústrias integrantes do apl. como resultado pode-se observar que as políticas públicas de fomento para a implementação e fortalecimento dos apls, constituem-se estratégias que podem fortalecer a agricultura familiar, promovendo a construção e o acesso a novos mercados, a criação e o desenvolvimento de novos produtos, promovendo a sucessão rural, diversificando as atividades produtivas, gerando renda, através de novos arranjos sociais e estruturas de governança horizontalizadas.

Palavras-chave:


Ficha técnica

Título: Práticas de agroindustrialização e arranjos produtivos locais como estratégia de diversificar e fortalecer a agricultura familiar no rio grande do sul

Autor(es): Marcelo Antonio Conterato, Mirian Fabiane Dickel Strate

Páginas: 9

Copyright (revista): CC BY

Decisão